Acesse nossa Plataforma

Simplesmente, o setor de pagamentos está cheio de tecnologia. Com o uso de aplicativos no smartphone, você pode realizar quase todas as atividades financeiras que desejar, desde verificar saldos em contas bancárias e fazer compras com carteira digital até enviar dinheiro para amigos e familiares. Essas experiências costumam ser fáceis e intuitivas, satisfazendo o desejo dos consumidores por conveniência e facilidade de uso.

A inovação tecnológica oferece benefícios semelhantes às empresas. A simplificação do processo de pagamento e o suporte a uma variedade de métodos de pagamento melhora a satisfação do cliente, impulsiona o crescimento da receita e promove a fidelidade à marca. 

Nesta nova era de pagamentos, onde a tecnologia domina, equipes de engenheiros de software são necessárias para construir, manter e melhorar os aplicativos e serviços online que sustentam a atividade comercial moderna. Não é exagero dizer que os desenvolvedores de software se tornaram tão essenciais para a indústria de pagamentos quanto os banqueiros e o quadro de profissionais tradicionalmente vestidos formalmente que alguém imagina quando se pensa na indústria de pagamentos.

Embora a importância dos desenvolvedores de software não seja nenhuma surpresa, há um herói anônimo da indústria de pagamentos (e do progresso tecnológico em geral) com o qual muitos leitores podem não estar familiarizados: as APIs.

Não importa quem você é e qual serviço online está usando, as APIs são provavelmente responsáveis ​​por fazer o sistema funcionar. Sem elas, o trabalho de um desenvolvedor de software se tornaria mais complicado e muitos serviços parariam de funcionar. De acordo com uma estimativa divulgada pelo site InfoQ, as chamadas de API representam 83% de todo o tráfego da web. Mas o que são APIs e por que o setor de pagamentos deve se preocupar com elas?

meio-de-pagamento

O que é uma API?

Como todo termo técnico, pode gerar um sentimento de confusão com uma mistura de tédio, para muitos leitores, porém, as APIs são tão simples de entender quanto importantes.

A API — termo do inglês “Application Programming Interface”, que em português significa “Interface de Programação de Aplicativos” — é o conjunto de instruções, rotinas e padrões de programação que possibilitam o acesso a um aplicativo de software ou plataforma online.

Por meio dessa comunicação, um aplicativo pode fazer com que o outro execute uma variedade de tarefas, desde retornar uma resposta a uma consulta específica até iniciar um procedimento complicado.

Onde as APIs são usadas?

Exemplos de APIs em ação são extremamente abundantes. Você já fez alguma viagem pelo Uber, certo? Então você pode agradecer às APIs por fazerem isso acontecer. Elas são o que permite que o aplicativo de mobilidade se comunique perfeitamente com o Google Maps e com qualquer forma de pagamento que você escolher, para que você possa selecionar um local, pedir um motorista e pagar pelo serviço, tudo em um só lugar.

No setor de pagamentos, as APIs permitem que as pessoas façam pagamentos online, verifiquem quando as contas vencem, controlem suas finanças e conduzam uma variedade de outras atividades relacionadas a pagamentos. Na verdade, quase todas as atividades online dependem de APIs de alguma forma.

A importância da documentação da API

Para utilizar os serviços habilitados pelas APIs, os consumidores só precisam interagir com qualquer interface que estejam usando. Veja a pesquisa do Google como exemplo. Para fazer algo no Google com sucesso, a pessoa não precisa saber o que está acontecendo nos bastidores, por assim dizer; eles só precisam saber como navegar na interface.

Para desenvolvedores, é uma questão totalmente diferente. Considere um desenvolvedor que projeta um novo aplicativo para consumidores que procuram controlar suas finanças. O engenheiro de software precisa configurar o aplicativo para que ele possa se comunicar com sucesso com o banco do usuário por meio da API desse banco. Para fazer isso funcionar, o desenvolvedor de software precisa saber quais informações a API do banco requer e quais respostas (ou ações) o banco oferecerá.

Felizmente para os desenvolvedores, as APIs vêm com documentação. A documentação da API é um conjunto de instruções técnicas sobre como conectar-se e usar uma API de maneira eficaz. Ele detalha exatamente o que um aplicativo precisa enviar à API para fazê-lo funcionar e quais são os resultados possíveis.


Desafios com APIs para finanças

Com tantas APIs por aí e montanhas de documentação para percorrer para saber qual API é melhor para um projeto específico, os desenvolvedores estão ocupados.

Voltando ao exemplo de um desenvolvedor que cria um aplicativo de gerenciamento financeiro, o aplicativo precisa ser capaz de falar com diferentes bancos. Como cada banco pode ter sua própria API (se houver), o desenvolvedor precisa estar familiarizado com a documentação de cada API. O que funciona para um banco pode não funcionar para outro.

Os desenvolvedores não enfrentam esse desafio apenas com aplicativos de gerenciamento financeiro. A navegação por documentação complexa é necessária em tudo, desde o design de aplicativos de pagamento online até software de ponto de venda (PDV). Essa complexidade pode prejudicar a inovação e causar dores de cabeça para os desenvolvedores de software.

api-management

A importância das ferramentas de gerenciamento de API

Com tantas APIs sendo construídas, as empresas têm se tornado cada vez mais abertas em relação aos seus dados e buscam com isso o aumento do número de produtos através de uma rede de parceiros, por isso, precisamos pensar sobre o papel que boas ferramentas de API Management podem desempenhar na jornada de ajudar as empresas e seus desenvolvedores a se tornarem mais eficazes.

Uma plataforma de API Management é responsável pelos processos de distribuição, controle e análise das APIs que conectam aplicativos e dados da empresa e de outras plataformas.

O objetivo do API Management é permitir que as empresas que criam APIs ou utilizam APIs de terceiros monitorem a atividade e garantam que as necessidades dos desenvolvedores e aplicativos que usam a API sejam atendidas.

Ao utilizar uma plataforma desse tipo, as APIs são centralizadas dentro do padrão API Gateway, que por sua vez, cria uma arquitetura ágil e moderna, ajudando em questões, como: 

1. Experiências digitais: para criação de um app mobile ou web é preciso se conectar com tecnologias backend modernas, e nesse sentido, um API Gateway funciona como um facilitador de conexões internas, além de trazer boas práticas de performance, segurança e controle. 

2. Expansão de ecossistema: disponibilizar uma interface de integração entre sua empresa e o mercado (parceiros, fornecedores e clientes) pode ser bastante útil para expandir uma rede de negócios.


Os benefícios das ferramentas de gerenciamento de API para finanças

Dentre os principais recursos de uma ferramenta de gerenciamento de APIs estão:

Developer Portal: a utilização de um Developer Portal é uma prática recomendada para gerenciamento de APIs. Os portais de desenvolvedor geralmente fornecem a documentação das APIs, juntamente com os processos de integração do desenvolvedor, como inscrição e administração da conta;

API gateway: o único ponto de entrada para todos os clientes. O gateway também determina como os clientes interagem com as APIs por meio do uso de políticas, incluindo os níveis de segurança desejado;

Gerenciamento de ciclo de vida da API: as APIs são gerenciáveis desde o design, até a implementação, e, eventualmente, até o fim da sua utilização;

Analytics: é de extrema importância saber o que está acontecendo com suas APIs – qual consumidor ou aplicativo está chamando qual API e com que frequência. Também é essencial saber quantas APIs falharam e por quê;

Suporte para monetização de APIs: existem empresas que têm como objetivo a monetização de APIs, o API Management pode ser essencial para um controle mais eficaz. É possível monetizar o acesso aos microsserviços por trás das APIs por meio de contratos de uso.

Conclusão: as APIs fazem o mundo girar e as empresas podem torná-las mais fáceis para os desenvolvedores

Por serem a base de quase todas as atividades online, as APIs possuem um papel fundamental na vida moderna. Extremamente no setor de pagamentos, onde uma infinidade de serviços financeiros online dependem de APIs para fornecer experiências perfeitas aos consumidores.

É de extrema importância entender que a experiência do desenvolvedor é essencial para a adoção e o sucesso de suas APIs.

Como vimos, além de promover controle, segurança, análise, monetização e consequentemente uma experiência superior para a exposição de APIs e o efetivo consumo das mesmas, uma plataforma de API Management proporciona uma ótima experiência para os seus desenvolvedores. 

Agende uma conversa e saiba como podemos te ajudar